Zé de Abreu vai ter que devolver R$ 127 mil ao MinC por não apresentar NF’s mas ainda não se manifestou com cuspes

0
102

Lemos o seguinte na Folha:

O Ministério da Cultura (MinC) afirma que a reprovação da prestação de contas de uma turnê de teatro do ator José de Abreu se deveu à ausência de notas fiscais que, em valores atualizados, totalizam R$ 127 mil. Eles deverão ser restituídos ao Fundo Nacional de Cultura. O total captado foi de R$ 299 mil.

As contas já haviam sido reprovadas e em seguida aprovadas. O MinC afirma que a primeira medida se deveu a um “erro na entrega de documentação”. Após recurso, a prestação foi considerada correta, depois de “análise simplificada”, procedimento adotado para projetos com valor abaixo de R$ 350 mil. Por fim, a partir de um requerimento do deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ), a falta das notas fiscais foi constatada.

A matéria lembra que “José de Abreu não quis comentar o caso”.

O ator ficou conhecido pela dialética do cuspe, em que ele chega a cuspir na cara de mulheres quando está contrariado durante uma discussão.

Mas ao que parece neste caso Zé de Abreu não vai ter coragem de dar uma cuspida na cara do auditor que reprovou suas contas.

Anúncios

Deixe uma resposta