Lula sem querer reconheceu legalidade do impeachment ao mencionar “eleitores traídos” por Dilma

1
198

O site Ucho.Info fez muito bem ao lembrar da entrevista ao jornal Espanho “El Mundo”, na qual Lula disse o que eleitorado sentiu-se traído por Dilma Rousseff. Tudo bem que Lula não dise que sua sucessora tenha traído os eleitores. Mas isso não minimiza o caos econômico criado intencionalmente por Dilma.

A matéria do Ucho.Info lembra:

Segundo o ex-metalúrgico, a sensação de traição por parte dos eleitores aconteceu no vácuo do ajuste fiscal promovido por Dilma Rousseff logo após a corrida presidencial de 2014, quando a petista conquistou o segundo mandato presidencial.

“As pessoas se sentiram traídas, porque não era aquilo que a gente tinha prometido durante a campanha”, disse Lula, passando uma rasteira em Dilma na tentativa de jogar para a galera.

Lula disse que outro “erro” de Dilma foi “exagerar” nas políticas de exoneração fiscal para grandes empresas. “Em 2014, saía mais dinheiro do que entrava”, afirmou o líder bolivariano.

“O ano de 2015 foi muito semelhante ao de 1999, quando Fernando Henrique Cardoso teve uma popularidade de 8% e o Brasil quebrou três vezes. Mas o presidente da Câmara era Michel Temer e ele o ajudou. Nós tivemos o Eduardo Cunha”.

A constatação do Ucho.Info é certeira:

No momento em que reconhece ter sido um erro exagerar nas políticas de desoneração fiscal – o que provocou maior saída de recursos do que entrada –, Lula chancela o impeachment da sucessora, algo que os “companheiros” continuam classificando como golpe. O impeachment de Dilma Rousseff se deu por causa de crime de responsabilidade fiscal, fruto da desastrada política econômica adotada pela petista.

O processo de impedimento de Dilma Rousseff respeito a legislação vigente, o devido processo legal e o amplo direito de defesa, como sabem os brasileiros coerentes. Se no vácuo da mencionada declaração os “camaradas” não mudarem o discurso sobre o impeachment, Lula mais uma vez terá protagonizado espetáculo pífio para salvar o PT e se fazer de vitima.

Lula detonou Dilma. Não há mais espaço para a narrativa de que “impeachment foi golpe”. Golpe foi o governo Dilma.

Anúncios

1 COMMENT

  1. Porque ninguém fala a verdade, sobre os governos do PT. A quebra econômica do Brasil não foi por causa do governo Dilma. Quem quebrou o Brasil economicamente foi justamente o governo do Lula, devido ele ter distribuído os nossos pesados impostos, através de empréstimos, fraudulentos a perder de vista e com taxa insignificante comparado à do mercado e pior para várias ditaduras comunistas africanas e da América Latinas. Esses bilhões se fossem investidos em infraestrutura dentro do país, o país não teria chegado a essa falência econômica que nós estamos vendo. Aí ele passou o país falido para a Dilma, tanto é que ela tentou dar o golpe na Lei Fiscal, foi quando ela acabou com o seu governo de vez, sofrendo o impeachment.

Deixe uma resposta