Vídeo de artistas milionários de extrema esquerda atacando veto à Lei do Audiovisual é tapa na cara do povo

10
261

Eles são todos milionários. Pertencem a uma elite de artistas que vivem numa Torre de Martim.

Todos eles desprezam o sofrimento do povo, utilizado por eles sempre como massa de manobra.

A maioria deles vive em condomínios de luxo e andam em carros blindados, mas mesmo assim defendem o direito à total impunidade de menores e o desarmamento do povo. Menos para seus seguranças armados, é claro.

Esse tipo de gente que não se cansa de cuspir na cara do povo humilde agora lançou um vídeo em defesa da Lei do Audiovisual, mecanismo utilizado para dar dinheiro público a essa elite.

Pois em agosto desse ano o governo Temer vetou a renovação da lei do Audiovisual.

É claro que a turma que adora mamar em tetas estatais ia chiar. Agora essa gente quer pressionar os congressistas para que o veto não seja mantido.

O Brasil precisa de dinheiro para saúde, segurança e educação, e não sendo destinado a projetos de uma elite de artistas milionários:

Depois dessa afronta, deveríamos exigir a extinção da Lei do Audiovisual e da Lei Rouanet.

Anúncios

10 COMMENTS

  1. Já começam com uma contradição: Se a indústria cinematográfica brasileira fosse saudável, não precisaria de do dinheiro público, e sim viveria do próprio sucesso dos filmes.

  2. A indústria cinematográfica vive como outro negócio qualquer da venda de seus produtos ou serviços..Não é justo retirar dinheiro de impostos pra fomentar este tipo de empreendimento.

  3. Esse tipo de Indústria no mundo capitalista todo é assim, exceto nos países comunistas de total controle estatal, viajamos para a Flórida e Califórnia por isso, nossos produtos da indústria não tem mais força porque esse setor só representa 0,54% do PIB, eu realmente queria saber o currículo do ser que acha que está fazendo algum favor ao país com essa fala.
    Podemos ser um país melhor com um desenvolvimento desse setor da indústria, e existe dinheiro para saúde e educação, no entanto sempre é melhor criticar algo que funciona do que colocar a mão na massa para trabalhar de verdade.

  4. “Artista” ou qualquer outro profissional é aquele que consegue gerar renda e lucro com seu trabalho.

    Se a extrema esquerda só sobrevive se pendurada nas tetas do dindin dos nossos impostos, que arrumem um trabalho normal e pratiquem sua “arte” como hobby nos fins de semana.

Deixe uma resposta