A Luciana Genro que defende desarmamento usou mulheres armadas em sua narrativa sobre machismo

1
277

Foi notícia na semana passada o stress que rolou entre Luciana Genro e Ciro Gomes.

Este deu uma declaração machista envolvendo necessidade de “testosterona”, o que contaria em desfavor da candidata Marina Silva.

Luciana Genro deu uma série de traulitadas em Ciro.

Mas algo foi pouco falado: para defender que as mulheres tem a mesma capacidade de lutar a luta política que os homens – e nisso Luciana Genro está certa – ela citou o exemplo de várias mulheres usando armas.

Está aí: uma das líderes do PSOL defendeu, sem querer, o direito das pessoas se armarem.

Sim, o direito de defesa é uma forma de empoderamento.

Podemos usar esse vídeo de Luciana para ajudar a derrubar o estatuto do desarmamento. Freixo não gostará nem um pouco disso.

Anúncios

1 COMMENT

  1. “Mas algo foi pouco falado: para defender que as mulheres tem a mesma capacidade de lutar a luta política que os homens – e nisso Luciana Genro está certa”

    Se isso fosse verdade não existiria tanta propaganda pedindo por mais mulheres na politica. Negar a biologia é coisa para esquerdista…

Deixe uma resposta