Jane Fonda diz que caso Weinstein só repercute porque vítimas “são brancas”. Ela está escondendo algo…

4
362

De acordo com o portal UOL, a atriz esquerdista Jane Fonda comentou sobre a grande repercussão em torno das denúncias contra o poderoso produtor Harvey Weinstein e disse que, muito provavelmente, o caso só atingiu essas proporções porque as mulheres assediadas pelo produtor são, na maior parte, “brancas e famosas”.

O detalhe é que Jane Fonda omite muitas informações.

Na verdade, as pessoas se revoltam com casos de abuso sexual e assédio em geral. Não há uma evidência científica de que a indignação aumente por que as vítimas são “brancas e famosas”.

Por exemplo, o Brasil se indignou com o caso de uma criança induzida a tocar o corpo de um homem nu. A criança não era famosa, mas o povo se indignou do mesmo jeito.

Mas há detalhes adicionais: as tais atrizes “brancas e famosas” são em geral esquerdistas, assim como era o produtor Harvey Weinstein. Quer dizer: atrizes esquerdistas que se dizem “empoderadas” esconderam os abusos de Weinstein por muitos anos, permitindo que ele abusasse de várias mulheres.

O discurso de Jane Fonda é não apenas vergonhoso, como também motivador para expormos os diversos fatos desagradáveis a respeito do produtor Harvey Weinstein, um milionário esquerdista que sempre foi adorado por uma elite de atores esquerdistas.

Anúncios

4 COMMENTS

  1. Todos eles exibem o mesmo padrão de comportamento. O Caetano, o homem culto segundo o RA, mostrou aos 75 anos que não é exemplo de caráter. O CAetano e essa mulher deveriam ficar calados.

Deixe uma resposta