Se o miliciano de extrema esquerda que agrediu e depois apanhou na UPFE não for exonerado, reitor pode ficar sob suspeita

2
405

Muito já se falou sobre os 50 milicianos de extrema esquerda que foram enfrentar 9 direitistas na UFPE, onde estava sendo exibido o filme “O Jardim das Aflições”.

A extrema esquerda estava animada e queria sangue. Não deu certo. Saíram perdendo e ainda viram um de seus líderes, Marcos Danilo (funcionário da universidade), tomar um cruzado de direita no queixo.

Depois ainda surgiu a narrativa de que ele “escorregou”, pois estava com o celular na mão. Mas as imagens mostram o contrário. Ele tentou bater e apanhou.

O fato é que Marcos Danilo, que saiu perdendo na agressão, também deveria perder o seu emprego, uma vez que tentou agredir um visitante da universidade em pleno local de trabalho.

Se o reitor da UFPE não demitir Marcos Danilo, pode ser acusado de prevaricação. 

Outro meme:

Anúncios

2 COMMENTS

Deixe uma resposta