PT se solidifica como maior inimigo dos trabalhadores ao propor lei para causar intencionalmente o desemprego de 500.000 motoristas

1
498

Amanhã, terça (31), será votado em regime de urgência no Senado Federal o projeto de Lei da Câmara de Deputados PLC 28/2017, de autoria do petista Carlos Zarattini.

O objetivo do projeto é impor várias burocracias aos aplicativos de transporte, a fim de dificultar a vida dos motoristas e inviabilizar serviços como Uber, Cabity e Lady Driver. Com isso, 17 milhões de usuários serão afetados e 500.000 pessoas serão colocadas de volta no desemprego.

Como prova do ódio dos petistas pelos trabalhadores – a ponto de agir para deixar os motoristas de Uber e Cabify no desemprego -, passa a circular na Internet um vídeo no qual Zarattini mostra seu mais profundo desprezo pelos trabalhadores humildes.

No vídeo, ele diz que o Uber “quer trabalhar com qualquer cara” e que os motoristas que utilizam essas plataformas são do “tipo de pessoa que aceita trabalhar por um valor muito baixo”.

Zarattini humilha os trabalhadores humildes ao agir assim. Isso é outra prova do desprezo do PT para com os trabalhadores.

Um partido que tem vontade de jogar 500.000 pessoas no desemprego é uma vergonha para a política nacional.

Anúncios

1 COMMENT

Deixe uma resposta