Mais afronta: Luislinda Valois disse que precisa ganhar R$ 61 mil porque cargo exige roupa digna e maquiagem

14
173

Além de afrontar o povo citando a questão do trabalho escravo para pedir um salário de R$ 61 mil/mês, o que estoura o teto de R$ 33,7 mil para servidores públicos, a ministra dos Direitos Humanos, Luislinda Valois, ainda citou novos argumentos afrontosos ao justificar o pedido, em entrevista ao Estadão:

Eu trabalhei e ganho meus proventos porque eu contribui para a Previdência. Eu decidi requerer meu salário de ministra. Eu trabalho 12, 14 horas por dia, eu moro em Brasília, estou distante da minha família, eu pago condomínio, tenho minhas despesas, tenho que me vestir com dignidade, tenho que estar maquiada, eu tenho uma representatividade e eu trabalho. Ontem mesmo (terça, 1) eu saí do gabinete quase dez horas da noite. Por que eu não vou requerer a remuneração desse trabalho que eu estou prestando ao Estado brasileiro? Foi o que eu fiz. Meu pecado foi esse.

Como é? Quer dizer que para se “vestir com dignidade” e “se maquiar”, ela precisa de tanta grana?

Creio que o povo brasileiro não vai gostar de mais essa afronta.

Questionada se acha justo receber mais de R$ 60 mil por mês do Estado ela disse:

Eu trabalhei mais de meio século pagando todas as minhas contribuições previdenciárias. Até porque já vinha no meu contracheque descontado exatamente para obter, como todo brasileiro, a minha aposentadoria no momento oportuno. Eu contribui para a Previdência. Esse dinheiro é meu, garantido pela Constituição da República Federativa do Brasil. Me aposentei e em seguida fui convidada pelo presidente a trabalhar como secretária de Promoção da Igualdade Racial. Depois fui nomeada ministra de Estado dos Direitos Humanos. Sou soteropolitana. Com essas nomeações eu vim morar em Brasília.

Só que há um detalhe: o teto de R$ 33,7 mil para servidores públicos. Se ela não está gostando, podia pedir demissão do cargo.

Aliás, já passou da hora do governo demitir Luislinda.

Anúncios

14 COMMENTS

  1. Essa ai viajou no nome de linda nao tem nada e com 61 mil por mes de salario nem plastica resolve essa ta querendo esse dinheiro pra pagar um loverboy pra fazer nhenhenhe com ela porque senao morre a mingua com essa cara

    • Mulher horrivel da pega para que gastar dinheiro com roupas e maquiagem ? A sua feiura nao melhora nem com 61 MIL. VC TEM Q SER HUMILDE LUIZLINDA. GANHAR UM SALARIO MÍNIMO SUA ESCRAVA.

  2. PREZADA MINISTRA LUISLINDA VALOIS
    .
    Em primeiro lugar confesso à senhora que me assustou o fato de a senhora pedir um salário de R$ 60 mil reais, alegando que a não acumulação do salário de Ministra com o salário de Desembargadora, assemelha-se ao trabalho escravo.
    .
    Ministra, sinceramente, num país com 14 milhões de desempregados, sem os “direitos humanos” do trabalho e renda, sem os “direitos humanos” do acesso à saúde de qualidade, sem os “direitos humanos” a medicamentos que muitas vezes faltam em hospitais e postos de saúde, sem os “direitos humanos” de segurança num país cujas polícias estão sucateadas, e nesse país, onde os direitos humanos de alimentação não chegaram a boa parte da população, nós, brasileiros, não vemos sequer a utilidade do seu Ministério, a justificativa para a sua existência e a necessidade da senhora no cargo. Mas vamos ponderar.
    .
    Ministra, a senhora em 207 páginas justificou a necessidade de ganhar R$ 60 mil reais, alegando trabalho escravo, não foi? Talvez a senhora possa até ter razão, pois R$ 30 mil é um salário aviltante para qualquer ser humano. Porém, gostaríamos de lhe fazer uma proposta:
    .
    Primeiro, que antes de pedir esse merecido aumento, a senhora abrisse mão do seu apartamento funcional pago com o dinheiro público, do seu carro oficial também pago com o dinheiro público, das passagens de avião igualmente pagas com o dinheiro público, e das mordomias de Brasília;
    .
    Em seguida, que a senhora passasse três meses apenas na pele de uma operária que ganha R$ 1.200 por mês, acorda 5 horas da manhã, pega um ônibus lotado, gasta em média R$ 200,00 por mês de passagem, que paga um aluguel de R$ 500,00 (no mínimo) numa comunidade, sobrando-lhe R$ 500,00 para alimentação, remédios, material escolar dos filhos, vestuário… Enfim, no lugar daquela operária que no fim termina com R$ 16,00 por dia e não R$ 2.000,00, mas não reclama que trabalha como escrava.
    .
    Ministra, fique esse período ganhando R$ 16,00 por dia, e dependendo de vagas em hospitais públicos, que é um direito humano, e não ache.
    .
    Viva em áreas dominadas pelo tráfico, porque a segurança é um direito humano que uma operária não tem. Coloque seus filhos numa escola pública com um ensino péssimo, porque a educação de qualidade é um direito humano que os filhos de uma operária não tem.
    .
    Tente minimamente comer a sobra da sobra, e racionada, em vez de suas lautas refeições, porque uma boa alimentação é um direito humano que uma operária não tem. E o seu Ministério é do quê mesmo?
    .
    Se depois de tudo isso a senhora tiver coragem, faça o seu pedido de R$ 60 mil por mês, alegando trabalho escravo. Mas se for negado, tenha dignidade. Liberte-se dos grilhões que a prendem, peça demissão do Ministério que a senhora diz ser senzala, e saia pela porta que sempre esteve aberta, mas com a certeza de que nenhum feitor ou capitão do mato irá em sua captura. Se o seu cargo, com o seu salário, é um trabalho escravo, a senhora tem a opção de se dar a alforria, e ao mesmo tempo alforriar-nos da sua desfaçatez.
    .
    Marcelo Rates Quaranta
    e o povo brasileiro.

  3. Na Inglaterra um ministro se exonera por ter posto a mão no joelho de uma mulher, 15 anos atrás; no Brasil, uma ministra cospe na lei e insulta milhões, e fica tudo bem.

    BOLSONARO PRESIDENTE 2018 e os 15 MINISTÉRIOS DE GENERAIS!

  4. Ela faz parte de um mundo que não é o nosso, o de altos salários e inúmeras regalias. É só o piso salarial. Pensemos nos centenas de outros canalhas de Brasilia.

  5. Gostaria de ficar 2 minutos com ela em uma ambiente monitorado sendo filmado e transmitido para todo o Povo Brasileiro ao vivo…..
    2 Minutos apenas não preciso de faca, de revólver de nada……
    Só 2 Minutos

  6. Ridícula e inconsequente essa Ministra de araque. Deveria ser demitida do cargo. Será que ela sabe quantas famílias brasileiras vivem com 1 salário mínimo ou abaixo disso? Fora cretina! Não queremos ter uma governante como você.

Deixe uma resposta