Estudante comunista queria zerar opositores no ENEM vestindo camisa de regime que matou 100 milhões

3
272

Certas coisas ultrapassam a linha média do duplo padrão e da ausência de senso de proporções.

É o caso do estudante João Pedro Timoteo, de 17 anos, que disse, em uma entrevista ao UOL no dia do ENEM: “Não é cabível um adolescente escrever um texto que viole os direitos humanos e a Justiça dizer que ele merece mais que zero”.

O detalhe é que ele disse isso vestindo a camisa do comunismo, sistema responsável pelo genocídio de mais de 100 milhões de pessoas.

Quer dizer: se aplicarmos a regra de que opiniões e palavras “desrespeitam os direitos humanos”, ninguém pode fazê-lo em maior dimensão do que o estudante Timoteo.

Anúncios

3 COMMENTS

  1. Pq comunista virjão se parece tanto com porco? Cabelo desgrenhado, barba porca, aparencia de mendigo? Será que esses bostinhas cabaços que ainda moram com os pais capitalistas que ainda dão a mesada do seu toddynho, conseguiriam passar 24 sem rede social num país totalmente comunista?
    Detalhe pra sua cara de comunista revolucionário e malvado… ui que meda.

Deixe uma resposta