Dilma comete racismo ao usar termo “coisa de preto” para tentar obter capital político para o PT

4
290

A ex-presidente Dilma Rousseff disse, durante viagem na Alemanha:“O PT é coisa de preto. O Lula é coisa de preto. Eu sou coisa de preto”.

Ela fazia alusão à declaração de William Waack, que disse que uma pessoa que buzinava durante sua apresentação fazia “coisa de preto”.

Uma vez que o uso do termo denota racismo se aplicado à William Waack, o mesmo se aplica à Dilma.

Ademais, ela tentou diferenciar pessoas por sua cor. Se não existem “coisas de preto”, isso não vale para críticas, assim como não vale para definir pessoas como eleitoras de um partido afundado em corrupção.

Dilma Rousseff foi muito além do que fez William Waack.

Anúncios

4 COMMENTS

Deixe uma resposta