Sobre reajuste ao STF, Bolsonaro diz: “pergunta pro Temer”

Conforme o Antagonista, Jair Bolsonaro respondeu ao ser questionado por jornalistas sobre o que achava do reajuste salarial sancionado pelo presidente para o Judiciário.

“Pergunta pro Temer”, respondeu duas vezes.

“Quem vai pagar é toda a população brasileira, é todo mundo. A minha responsabilidade nessa área começa a partir de 1º de janeiro do ano que vem”.

Como expliquei ainda nesta terça, Temer tirou um problemão das mãos de Bolsonaro ao sancionar o aumento.

Mais uma prova de que isto é verdade que Bolsonaro não lançou um ataque frontal à decisão de Temer.

Eu tinha escrito, ainda pela manhã:

Em tempo: se alguém quiser tirar a dúvida sobre esta análise, basta observar a atitude de Bolsonaro diante deste tema. Pode ser até que ele tenha soltado uma crítica ou outra ao aumento, mas é mais para bater cartão. No entanto, não se dignou a transformar a sanção de Temer em picadinho. Até porque no fundo deve estar pensando: “Me livrei de uma boa…”.

É isso aí.

No fundo, se Bolsonaro fosse terminantemente contra, poderia utilizar seu capital político para pressionar Temer e o STF. Mas, como já dito, ele se livrou de um problema com a sanção dada por Temer.

Twitter: https://twitter.com/lucianoayan

Facebook: https://www.facebook.com/ceticismopoliticosc/

2 comentários em Sobre reajuste ao STF, Bolsonaro diz: “pergunta pro Temer”

  1. Manafort manteve conversas secretas com Assange na embaixada equatoriana | Trump encontrou-se com o fundador do WikiLeaks meses antes de os e-mails invadidos pela Rússia serem publicados

    https://www.theguardian.com/us-news/2018/nov/27/manafort-held-secret-talks-with-assange-in-ecuadorian-embassy

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: