Clima fecha na extrema esquerda: PT ataca Ciro por tabela

Conforme o Estadão, o PT divulgou um texto que servirá de base para a primeira reunião do Diretório Nacional do PT depois da eleição de Jair Bolsonaro (PSL). No texto, o partido tenta demarcar diferenças em relação a outros setores da esquerda. No documento preliminar, o PT promete fazer “oposição global” ao governo eleito, alfineta setores da esquerda que se recusaram a apoiar Fernando Haddad no segundo turno da disputa presidencial, mas admite que opositores de diferentes matizes podem “coexistir”.

Não há citação nominal a Ciro Gomes, mas é evidente que trechos do texto foram feitos sob encomenda para o candidato derrotado do PDT quando fala dos setores que se omitiram no segundo turno.

“Somam-se a eles políticos oponentes ao golpe, que duvidavam da força do PT, imaginavam chegar ao segundo turno e, frustrados, tentam ‘culpar’ nosso partido pela performance obtida”, diz o documento. “A campanha contra o PT visa, em parte, adubar o terreno para algumas pretensas candidaturas às eleições de 2020 e 2022. Outro objetivo declarado é afastar o PT da linha de frente da oposição a Bolsonaro”, completa.

O texto será votado na reunião do Diretório Nacional do PT marcada para sexta-feira, 30, em Brasília, podendo ainda sofrer acréscimos e alterações. Em outro trecho, o partido abre a porta para composições com outros grupos de oposição, apesar das diferenças. “Sabemos que existem entre os oposicionistas diferentes projetos estratégicos, partidários e eleitorais. Na prática, é possível que coabitem diversas articulações frentistas autodenominadas amplas e democráticas”.

O senador eleito Cid Gomes (PDT-CE), irmão de Ciro e articulador de um bloco de esquerda com PSB, PCdoB e partidos de centro-esquerda, disse que não pretende ser “oposição sistemática nem situação automática” em relação a Bolsonaro.

Como já falamos por aqui, o PT está tentando se posicionar, mas saiu fragilizado das eleições. O partido tem se mostrado incapaz de ir para as mais ferrenhas batalhas de comunicação, principalmente pelo teto de vidro causado pelos escândalos de corrupção.

A frente de esquerda de Ciro Gomes – não tão voltada à extrema esquerda, como é o PT – está reunindo partidos como PST, PSB e PCdoB – que promete moderação, mas como diria o ceguinho esperançoso, veremos – é a que tem maior potencial de crescimento neste momento.

Twitter: https://twitter.com/lucianoayan

Facebook: https://www.facebook.com/ceticismopoliticosc/

2 comentários em Clima fecha na extrema esquerda: PT ataca Ciro por tabela

  1. “Engana-me que eu compro”

    E o PT?
    Qual o poder constante de sua propaganda ininterrupta?
    Eis:
    Vive o PT de clichês publicitários bem elaborados por marqueteiros.
    Nada espontâneo.
    Mas apenas um frio slogan (tal qual “Danoninho© Vale por Um Bifinho”/Ou: “Fiat® Touro: Brutalmente Lindo”).
    Não tem nada a ver com um projeto de Nação.

    Eis AQUI A SUPERFICIALIDADE DO PETISMO:

    0.
    “Coração Valente©”
    1.
    “A Copa das Copas®”
    2.
    “Fica Querida©”
    3.
    “Impeachment Sem Crime é Golpe©” [lol lol lol]
    4.
    “Foi Golpe®”
    5.
    “Fora Temer©”
    6.
    “Ocupa Tudo®”
    7.
    “Lula Livre”
    8.
    “®eleição sem Lula é fraude” [kuá!, kuá!, kuá!].
    9.
    “O Brasil Feliz de Novo®”
    10.
    “Lula é Haddad Haddad é Lula®” [kkkk]
    11.
    “Ele não®”.
    12.
    “Haddad agora é verde-amarelo ®” [rsrsrs].
    13.
    “ÁGUA PARA TODOS©” (KKKKK).

    PT© é vigarista.
    Vive de ótimos e CALCULADOS mitos publicitários.

    É o tal de: “me engana que eu compro”.

  2. Marcos Gonzales Ratier // 29 de novembro de 2018 às 5:38 pm // Responder

    Já estou até vendo, essa oposição do Ciro vai ser que nem o PSOL, vai falar que não esta com o PT, mas na hora da votação de pontos importantes para o Brasil como a Reforma da Previdência vai se colocar contra e votar com o PT. Quero ver se vai se distanciar do PT na hora H da votação de reformas importantes, pois é aí que veremos se são oposição diferente ou não

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: