Jerônimo Goergen já reuniu 171 assinaturas para a CPI do Mais Médicos

Conforme o Antagonista antecipou ontem, o deputado federal reeleito Jerônimo Goergen conseguiu reunir as 171 assinaturas necessárias para a abertura da CPI do Mais Médicos.

Neste link, também do Antagonista, é possível ler a íntegra do requerimento que foi protocolado nesta manhã de quarta (28). Este outro link mostra a íntegra das assinaturas.

É possível prever que tem gente que não está nem um pouco feliz com essa CPI, pois até hoje o PT não conseguiu explicar tamanha empáfia na contratação de médicos que vieram trabalhar de forma forçada no país.

Recentemente, a Folha revelou telegramas mostrando que o governo petista havia negociado com a ditadura cubana ainda em 2013. As negociações foram sigilosas. Coisa feia, coisa muito feia.

Este site refutou simplesmente 45 rotinas utilizadas pelos que defenderam a contratação de cubanos:

Twitter: https://twitter.com/lucianoayan

Facebook: https://www.facebook.com/ceticismopoliticosc/

6 comentários em Jerônimo Goergen já reuniu 171 assinaturas para a CPI do Mais Médicos

  1. Você seria atendido por um médico que estivesse todo sujo? Médicos cotistas e cubanos são desses. Nenhum cidadão de bem quer ser atendido assim. Espero que o capitão seja eficiente e termine com essa história de saúde pública e a saúde seja somente privada, com médicos bons, não cotistas nem cubanos, pois saúde é um serviço e não existe almoço grátis.

  2. OS GOVERNOS MILITARES FORAM MAIS DE ESQUERDA QUE OS SOCIAIS DEMOCRATAS BRASILEIROS

  3. Muito antes de MeToo se tornar o catalisador de um movimento de mulheres sobre agressão sexual – e uma década antes da queda de Harvey Weinstein, Bill Cosby e do ginecologista norte-americano Larry Nassar – havia Jeffrey Edward Epstein (amiguinho de Donald Trump).

    Com sequencias

    https://twitter.com/MiamiHerald/status/1067778173503528960

  4. Como o abusador sexual Jeffrey Epstein está ligado a Trump e Clinton

    Jeffrey Epstein tinha um livrinho preto cheio de nomes e telefones pessoais de algumas das pessoas mais ricas e influentes do mundo, de Bill Clinton e Donald Trump a atores, atrizes, cientistas e magnatas de negócios.

    https://www.miamiherald.com/news/local/article221897990.html

  5. Como um futuro membro do Gabinete Trump deu a um abusador sexual em série o acordo de uma vida

    O gerente excêntrico de fundos de hedge, cujos amigos incluíam o ex-presidente Bill Clinton, Donald Trump e o príncipe Andrew , também era suspeito de traficar meninas menores, muitas vezes do exterior, para festas sexuais em suas outras casas em Manhattan, Novo México e Caribe, FBI e registros do tribunal mostram.

    https://www.miamiherald.com/news/local/article220097825.html

  6. Procuradores trabalharam para livrar o abusador sexual Jeffrey Epstein | Uma década antes de MeToo, um criminoso sexual multimilionário da Flórida conseguiu a melhor oportunidade.

    https://www.miamiherald.com/news/local/article214210674.html

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: