Pondé: a diferença entre liberal conservador, neoconservador e paleo-conservador

Gostei muito do vídeo feito por Luis Felipe Pondé para explicitar a diferença entre alguns setores da direita.

Enquanto eu não utilizo a perspectiva filosófica, ele vai por esse caminho, mas há uma convergência impressionante.

Não é que eu defina que a perspectiva filosófica seja inválida, mas ela reflete os ideais de pensadores. Na ótica da dinâmica social, conservadorismo, liberalismo e neoconservadorismo, aplicados, vão ser filtrados na medida em que atendem aos interesses políticos. E por isso são “selecionados” pelos agentes políticos.

Por exemplo, foco na definição do conservadorismo como a defesa dos interesses daquele setor da direita que estava receoso de perder as conquistas já feitas e temia as disrupções dos projetos revolucionários, como jacobinismo e, posteriormente, o marxismo.

Já o liberalismo seria a defesa dos interesses daquele setor da direita que queria restringir o poder e, por isso, defendia igualdade de direitos, Estado laico, liberdade política, direito à propriedade, etc.

Em certo momento, liberalismo e conservadorismo convergiram. Em outros momentos, variantes do liberalismo destoaram do conservadorismo. Mas, em essência, há um pensamento “liberal-conservador” importante, e que, no momento atual, anda em falta no Brasil.

Já o neoconservadorismo seria a defesa dos interesses dos grupos que focariam numa cultura local, desde que privilegiasse o modo americano de vida, e admitisse tons revolucionários, principalmente para privilegiar o expansionismo dos EUA. Unido com o reacionarismo, e com vertentes do “liberalismo só na economia” (mas, no Brasil, esta aliança é muito frágil, pela perspectiva integralista de muitos adeptos do neoconservadorismo brasileiro), isso justifica uma perspectiva política bem diferente do conservadorismo tradicional.

Seja lá como for, minha análise é via dinâmica social, que não quer refutar a visão filosófica, mas compreendê-la para entender até que ponto ela se traduz nas ações políticas.

Nesse sentido, o vídeo de Pondé é ótimo:

Em essência, precisamos de maior presença de liberais e conservadores na direita brasileira, que anda muito neoconservadora.

Twitter: https://twitter.com/lucianoayan

Facebook: https://www.facebook.com/ceticismopoliticosc/

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: