Os dilemas de Ernesto após denúncias de Olavo

Já é fato que a treta interna da direita escalou para níveis que dificilmente poderemos prever como a coisa vai terminar.

No começo, Olavo de Carvalho lançou um vídeo atacando deputados que foram para a China. Inicialmente, eu achei que a coisa era muito absurda, mas fui obrigado a reconhecer que havia pontos chocantes na análise de Olavo: a busca de um software de reconhecimento facial na China. Porém, o ataque de Olavo foi decididamente feroz, e essencialmente triturou a reputação de 10 deputados, que ficaram sem reação, pelo menos no primeiro momento.

Ao mesmo tempo, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, está muito silencioso sobre o caso.

Em adição, o advogado de Alexandre Frota, Cléber Teixeira, ameaçou “quebrar a cara” de Eduardo Bolsonaro.

Alguns deputados reagiram fortemente, como é o caso de Alexandre Frota, que postou um vídeo. Encontrei na web o excerto abaixo deste vídeo:

Luís Miranda também avacalhou o ideólogo:

Mas a coisa vai bem além.

Veja os prints de Olavo deste sábado (20) de manhã, com comentários.

É preciso que Olavo avance e entregue as provas de violação da soberania nacional, pois isso poderá gerar punição aos deputados.

Decerto concordamos com a restrição a softwares de monitoração, mas igualmente é importante saber que, se existe a iniciativa chinesa de espionar o Brasil, isso tem que ser investigado. A suspeita que ficou sobre os deputados é de fazer um acordo com a China para espionar o Brasil.

Como se nota, aqui Olavo fala sobre “entregar a um governo estrangeiro comunista a identidade facial de todos os brasileiros”. É importante que ele reforce aqui que quer isso colocado no centro da discussão. Por isso, é importante investigar mais.

Aqui é uma questão de lógica: se ficar comprovado que há uma iniciativa “pelas costas” de violar a soberania nacional, em ação de espionagem da China, a reputação deles estará completamente destruída. Não haverá mais volta.

Aqui ele diz algo seríssimo:

O Brasil está cheio de pessoas que negociam com a China, bem como aquelas que negociam com os EUA, ou outros países. Essa afirmação é extremamente grave, principalmente se considerarmos a tão comentada influência de Olavo. O clima é de “guerra fria” total.

Precisamos focar, pois temos várias questões:

  • Quem ficar contra qualquer software de monitoração deste tipo, venha de onde vier, tem um bom caso em mãos
  • Se, no caso da China, existe uma suspeita de espionagem, isso deve ser investigado seriamente
  • O Brasil deve negociar com todos os países, buscando o melhor negócio, ou recusar negócios com a China?
  • Diante de uma suspeita de espionagem, isso afeta ou não os negócios com a China?

Mas veja este print:

Se a China quiser refrear seus negócios no Brasil, diante do clima negativo que se criou contra o país, isto é um problema ou não? Se alguém é contra pessoas que ganham dinheiro com a China, isso não seria um problema, certo? Então por que as palavras acima seriam interpretadas como ameaça?

Creio que já temos questões demais que precisam ser respondidas pelo ministro das RE, Ernesto Araújo.

Há teses que dizem que o ideal é negociar com todos os países do mundo, sem viés ideológico. Há outras teses dizendo que é preciso tirar do negócio os países “comunistas”, mas é bastante arriscado fazer isso, bem como desvalorizaria o Brasil perante o mundo.

Diante desse nó górdio, há muita acusação sendo feita, e muita coisa que precisa ser esclarecida assim que os deputados voltarem da China.

Para ser bem sincero, o cenário me lembra muito o da Liberia, nos anos 80, quando Samuel Doe decidiu brigar com países comunistas para agradar Ronald Reagan. Com isso, os EUA investiram no país, mas a Liberia já havia sido desvalorizada pela recusa antecipada a boa parte dos demais países. Anos depois, os EUA saíram do país, mas os comunistas já não queriam mais negócio com Doe. Essa história não terminou bem.

Não digo que as coisas serão resolvidas na base da violência, mas a ideia de sair brigando com importantes players do mercado tende a desvalorizar o país e criar um clima perigoso para negociações. É preciso esclarecer muita coisa nesta história.

Em tempo: eu defendo a posição de que o Brasil deve negociar com todos os players principais, focando no melhor negócio. Mas, em todos os casos, não deveria negociar softwares de monitoração, nem com a China e nem com qualquer outro país. Se realmente for um fato que a China tem um plano de espionagem contra o Brasil, isso deve ser investigado. Todas essas questões precisam ser resolvidas por Ernesto Araújo.

No fim das contas, House of Cards Brasil tem roteiro do Guy Ritchie e direção do Quentin Tarantino.

Twitter: https://twitter.com/lucianoayan

Facebook: https://www.facebook.com/ceticismopoliticosc/

9 comentários em Os dilemas de Ernesto após denúncias de Olavo

  1. Parabéns ao Luciano, está batendo no novo governo enquanto falava de ateísmo no anterior.

    Quando o PT (ou Ciro) voltarem ao poder vou dar muita risada de como você é BURRO e não aprendeu que só se deve bater quem não está ligado ao que você acredita como objetivo. A Marielle morreu, mas não antes de levar junto a sua inteligência.

    Liberalismo e desenvolvimento no Brasil é fantasia, qualquer coisinha que um estatista como o Bolsonaro implementar já pode ser considerado um milagre. Brasileiro possui QI médio 10 pontos acima do que é considerado retardo mental.

    Que tal você parar de fazer análises de reportagens que toda a mídia que recebeu dinheiro do BNDES está soltando e começar a mostrar a hipocrisia da esquerda? Que tal tentar ajudar ao invés de apostar num liberal que ninguém conhece pra 2022?

    Que tal, antigo analista político?

    • Também não estou entendendo qual é a desse site em ficar batendo no governo do Presidente Jair Bolsonaro e dando alimento para essas FOFOCAS. Pois é justamente isso que essa matéria é, uma fofocagem que só, falando de intriga entre deputados e o Professor Olavo de Carvalho, no melhor estilo TV Fama.
      Seria recomendável que esse site parasse de dar trela para FOFOCAS e passasse a ter mais RESPEITO pelo governo do Capitão Jair Bolsonaro.

  2. Olá vc tem algo artigo link ou vídeo que conte de forma detalhada sobre esse caso da Libéria?
    Abraços

  3. Depois que todos os territórios estiverem dominados por censores/comunistas, e não tiver mais pra onde os refugiados se refugiarem; qual vai ser o refugio ? https://www.youtube.com/watch?v=s8R4Ji1QAkE

  4. A china já espiona o mundo inteiro. Todas as marcas de monitoramento, vigilância, permitem fazê-lo através de um endereço “na nuvem”, ou seja, tudo é transmitido para os servidores deles, desde o interior da sua casa a palácios governamentais e quartéis que utilizem Intelbras (Dahua), hikvision, Huawei, e o que mais for. Cidades inteiras já usam a tecnologia chinesa. Lembram em 2017 quando o Soria esteve na China visitando a Hikvision para uma parceria? Pois é. O pior é que toda e qualquer empresa chinesa também pertence ao governo chinês. De monitoramento à petróleo. Permitir qualquer empresa chinesa aqui é permitir o governo chinês aqui.

  5. Por favor, parem de dar trela para FOFOCAS. Tudo isso é alimento para a esquerda que quer desestabilizar o governo do Capitão Jair Bolsonaro.
    Essa história de briga entre o Professor Olavo de Carvalho e deputados, bem como essa história de Queiroz e Flávio Bolsonaro, não passam de FOFOCAS estilo TV Fama. O cidadão de bem não está interessado nisso e sim em apoiar e RESPEITAR o Presidente Jair Bolsonaro. Então, parem com isso.

  6. É no mínimo estranho os deputados terem sua viagem e estadia bancadas pelo PCC(Partido Comunista Chinês), para implementação de uma tecnologia de uma empresa privada chinesa. Qual é a ligação do PCC com a Huawei?? Por que esse interesse?
    A China não quer espionar o Brasil, a China quer e espiona o mundo inteiro, basta uma rápida “googada” para ver a quantidade de matérias que tem referente aos problemas que essa empresa teve em outros países, com relação à questão de espionagem e outras ilegalidades. Fazer esse tipo de negócio com um país que aprisiona seu próprio povo e que tem obsessão por controle social, é pedir para virar escravo.
    Agora, esse parlamentares devem ter recebido uma oferta $$$ muito grande em caso de êxito.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: