Anúncios

Zona eleitoral: Carlos escala no caos, como previsto

Pouco precisa ser dito sobre a bagunça que virou o cenário político. Ontem, o filho de Jair, Carlos Bolsonaro, vazou um áudio do ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno.

A coisa pioraria horas depois com o próprio Jair Bolsonaro retuitando o vazamento de Carlos. Isto é, Jair simplesmente fritou o próprio ministro, considerado um de seus grandes aliados e uma figura fundamental na eleição. Não demorou para rumores darem conta de que Bebianno está prestes a cair. Neste caso, pode cair atirando.

Segundo o colunista da Globo, Gerson Camarotti, Bebianno teria comentado: “Não se dá um tiro na nuca do seu próprio soldado. É preciso ter um mínimo de consideração com quem esteve ao lado dele o tempo todo”. “Não vou sair escorraçado pela porta dos fundos”, teria dito.

A tese deste blog é clara: a ala ideológica – ou melhor, os neoconservadores – é composta pelos menos qualificados do governo, além de serem os mais dispostos a correr qualquer risco, privilegiando ações disruptivas. Parecem entender que este tipo de confusão serve para alimentar o capital político do time que entrou no jogo disposto a “capotar, mas não brecar”.

Já é bem difícil acreditar que Jair Bolsonaro não esteja ciente de todos os passos para criação sistematizada de caos. Agora a tendência é tentarem bolar meios de jogar a culpa nas costas dos outros.

Não significa inocentar Bebianno, mas é evidente que a revelação do áudio foi uma jogada muito baixa. Mas não se pode esquecer que desde 26 de janeiro foi fabricada um crise artificial para danificar a imagem do vice. Funcionou apenas parcialmente.

Muito provavelmente, vão escolher outros para jogar fezes em cima. O jogo vai ficar bruto quando escolherem fazer isso com Moro e Guedes.

Certamente algum engraçadinho dirá que estou defendendo este ou aquele, mas o fato é que há outras maneiras de se dispensar um ministro. Qualquer outra maneira é mais digna do que vazar um áudio.

Fica a impressão que uma de duas coisas ocorreu: (1) Carlos Bolsonaro domina tanto o pai que ele se sente autorizado a vazar um áudio do pai, um presidente da República, o que é gravíssimo; (2) Jair Bolsonaro deixa vazarem áudios com suas conversas com membros do partido. Em ambas as situações, vergonhoso é pouco pra descrever.

Tsc, tsc…

Twitter: https://twitter.com/lucianoayan

Facebook: https://www.facebook.com/ceticismopoliticosc/

Anúncios

9 comentários em Zona eleitoral: Carlos escala no caos, como previsto

  1. João Guilherme Maia // 14 de fevereiro de 2019 às 8:07 pm // Responder

    Hoje no Bom Dia Brasil da Globolixo, a ex-guerrilheira terrorista, a Miriam Leitão, como sempre sentou o pau no Bolsonaro como ela fez na sua campanha à Presidência. Qualquer caso insignificante no governo de Bolsonaro, se torna muito complicado, devido a imprensa suja está com ódio pelo o Bolsonaro ter chegado à presidência da República, principalmente a Globolixo devido o presidente Bolsonaro ter cortado os milhões que a Globolixo recebia anualmente de propagandas do governo Federal.

  2. Está difícil ver os rebentos se intrometendo o tempo todo em questões de governo. Relembrando o que tu disseste numa coluna anterior: “se o governo está perdido a oposição está ainda mais.”

  3. Não consigo enxergar benefícios nesse tipo de ação, acho que é burrice mesmo

  4. Triste episódio.

  5. Esse idiota do Carluxo só está fazendo o paspalho do papai dele ficar ainda mais queimado dentro do Palácio do Planalto. Nessa família de imbecis não sabemos quem é o pior. São os Três Patetas Carluxo, Dudu Micropênis e Flávio Miliciano e mais o Pateta do Jair Bolsobobo.

  6. “…quando escolherem fazer isso com Moro e Guedes” – Você acredita que vão fazer isso com os dois pilares do governo? Seria passar do mal racional para o mal disracional…

  7. Estou em grupos de neocons e eles são praticamente unânimes: acham o Bebiano nocivo desde a época da campanha. Quando ele trabalhou pra impedir o Bragança de ser o vice do presidente, a coisa azedou de vez.

  8. E você está deixando de lado o fato de que o homem tentou se esconder por trás da imagem presidencial com relação à crise dos laranjas. Por isso foi fritado.

  9. O Carluxo é o maior exemplo de que existem neonazistas homossexuais, já que ele mora com o seu primo Léo Índio a cinco anos e juntos criam uma cachorrinha fofinha maltês a pituka. #SaidoarmárioCarluxo Não me censura Luciano Ayan, eu gosto de esculhambar essa família de imbecis e incompetentes.

Deixe uma resposta para José Cancelar resposta

%d blogueiros gostam disto: