Anúncios

Ministro de Bolsonaro é ligado a Instituto Igarapé, diz Caneta

Ontem Sergio Moro nomeou Ilona Szabó, diretora-executiva do Instituto Igarapé, para o Conselho de Política Criminal e Penitenciária. Ela é desarmamentista, contra a redução da maioridade penal, adorada pelo PSOL e dirige instituto que recebeu grana da Open Society de George Soros. Aí é demais, certo? Depois da pressão, Moro cancelou a nomeação nesta quinta (27). Moro reverteu parte do dano.

Mas agora a piora coisa. E como piora. De acordo com o site da Agência Caneta, “Floriano Peixoto Vieira Neto, novo Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República após a saída de Gustavo Bebianno, é listado na página oficial do instituto como membro e ‘pesquisador-sênior'”.

Mas como pode uma coisa dessas? Agora já não falamos de suplência não remunerada em um conselho, mas em um ministério. Leia de novo: M-I-N-I-S-T-É-R-I-O. Para piorar, a responsabilidade da nomeação é de quem? Adivinhe: Jair Bolsonaro.

O site da Agência Caneta também lembra que o Ministro da Secretaria de Governo, Carlos Alberto dos Santos Cruz, “recebeu há duas semanas três organizações desarmamentistas (Instituto Igarapé, Instituto Sou da Paz e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública) para discutir o ‘combate ao crime organizado'”.

Enfim, Bolsonaro, como é que se resolve uma coisa assim?

Teremos discussões sobre uma pauta que cancelar o desarmamento – já que o decreto de janeiro foi apenas meia-boca, e precisa ser ampliado por um projeto de lei – e agora vemos que o Instituto Igarapé tem forte influência no governo. É isso mesmo? O que será feito?

Twitter: https://twitter.com/lucianoayan

Facebook: https://www.facebook.com/ceticismopoliticosc/

Anúncios

1 comentário em Ministro de Bolsonaro é ligado a Instituto Igarapé, diz Caneta

  1. Rogerio Eustáquio // 4 de março de 2019 às 10:55 am // Responder

    Estou desacreditado no governo Bolsonaro.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: